Dono de bordel vai ao IKEA com 20 prostitutas para testar as camas



Um dos negócios que mais sofreu com as conseqüências dessa pandemia foi da prostituição. Muitos foram os proprietários de bordéis ,clubes de strip que aproveitaram o tempo que estiveram fechados devido à pandemia para fazer reformas.



Na semana passada, a IKEA voltou a ser notícia, neste caso a localizada em Múrcia, Espanha. O dono de um bordel apareceu junto com 20 meninas para testar os leitos para a aquisição de 40 camas de casal.

As mulheres logo chamaram a atenção do resto dos clientes, e um grande número de homens foi atraído para a área dos quartos.



As esposas e namoradas dos espectadores ficaram irritadas:

“É uma pouca vergonha, uma falta de respeito” comentou aos responsáveis ​​pela Segurança que estavam tentando manter a ordem.