“Foi uma rapidinha com uma loirinha”, conta padre fotografado em cuecas

O padre Júlio Santos, de Pedrógão Grande, de 58 anos postou uma foto em cuecas no quarto de um hotel. Ele afirma que deu uma rapidinha com “uma menina loirinha, muito bonita e muito jeitosa”, que conheceu por acaso.



“Foi ela que me tirou a foto no hotel”disse o padre.

“Foi uma serpente tentadora, e como eu sou um maroto, não resisti.”

O padre pôs um fim na história e disse que se ia afastar do seu ministério sacerdotal na Igreja.