Homem acusado por meter gabinete a 30°C pra que suas funcionárias usem menos roupa

Um empresário do ramo têxtil recebeu uma reclamação conjunta de suas funcionários depois de passar uma semana com  aquecimento do escritório a 30 °C  para que elas usassem menos roupa.



O homem alegou estar com muito frio, como ele passa tantas horas no trabalho, no mínimo queria se sentir confortável.

“Não suporto o frio, é por isso que coloco o escritório nos 30 graus, é a temperatura onde me sinto bem, claro que quem tiver calor , pode sempre vir de camisinha ou de decote”.

No entanto, com a denúncia, foram fornecidas evidências de que o empresário apenas se queria aproveitar de suas funcionárias.