Homem finge ter Covid-19 para enganar esposa e fugir com amante



No conjunto dos dramas vividos durante a pandemia da covid-19, certamente teremos histórias para contar durante muitos anos. Mas, com certeza, nenhuma tão pilantra quanto a de Manish Mishra, divulgada em várias mídias internacionais, que utilizou a pandemia como desculpa para enganar a esposa e fugir com a amante.

Em 24 de julho passado, Manish ligou para a mulher para transmitir uma notícia terrível: ele havia testado positivo para covid-19 e não queria mais viver. Dramático, desligou o telefone, deixando a companheira em pânico. Ela ligou imediatamente para o irmão, que a aconselhou a registrar o desaparecimento na polícia de Navi Mumbai.

Fonte: Newsband

A busca pelo marido

Quando a investigação teve início, tudo ficou mais confuso quando os investigadores não encontraram, nos laboratórios da região, ninguém com o nome de Manish Mishra que havia sido testado, nem positivo nem negativo, para nenhuma doença.



O segundo passo foi entrar em contato com a empresa de logística onde o suposto suicida de 28 anos trabalhava como supervisor. Mais mistério: os empregadores revelaram que Mishra havia sido demitido recentemente por envolvimento numa tentativa de fraude. Porém, alguns colegas revelaram que ele estava tendo um caso com uma mulher.

Seguindo os manuais das histórias de mistério, já havia duas pistas a serem seguidas: o dinheiro e a mulher. Segundo o Indian Express, a polícia conseguiu localizar a moto de Manish, com chave, mochila e capacete. Em seguida, foram ao riacho Vashi, na tentativa de localizar um corpo, mas nada encontraram. A polícia passou a trabalhar com a hipótese de que o homem estava vivo.

A hora da verdade

Fonte: Stock Image/Reprodução

Sanjeev Dhumal, o inspetor responsável pela busca explicou: “Com base na localização do último celular em Airoli, examinamos todas as imagens da câmera CCTV da área e o encontramos entrando em um carro. Com a ajuda de informações fornecidas por amigos, nós o rastreamos em Bhawarkua, Indore em Madhya Pradesh”.

Indore é a cidade mais populosa do estado de Madhya Pradesh e foi nessa metrópole, com mais de 2,6 milhões de habitantes, que a polícia finalmente encontrou Mishra: sem covid-19, com a amante e algum dinheiro da antiga empresa. No dia 15 de setembro, ele foi preso e conduzido de volta para Navi Mumbai, onde se reuniu com a família. FONTE