Homem rico é julgado por adicionar água ao seu champô para durar mais



Julian Doors, 27 anos, foi considerado culpado de adicionar água ao seu champô. O homem, que é rico desde que nasceu graças aos negócios de seu pai, foi considerado culpado de expandir a vida útil de seu frasco de champô, coisas que o pobre faz.



“Eu gosto de fazer isso. Eles duram mais e eu posso gastar menos dinheiro”, afirmou Doors ao nosso repórter Gary Cockburn. Ele continuou: “Faço isso há anos, não acredito que isso seja ilegal”.

Doors tentará recorrer da decisão, mas, enquanto isso, ele não poderá adicionar água ao champô. (Atenção: Artigo satírico, apenas para entretenimento)