Médico diz que escolheu seguir medicina para se autodiagnosticar e evitar filas de espera

O director do serviço de Urgência de um hospital em Londres admitiu que escolheu medicina não para ajudar as pessoas, mas sim para se auto diagnosticar e evitar filas de espera.



Na entrevista de 25 de Fevereiro, o médico de 50 anos disse que nunca pensou em seguir medicina, estava mais inclinado para a engenharia assim como os seus pais, mas de repente mudou de planos.

“Quando era adolescente ficava muitas vezes doente, via meus amigos a brincar e eu tinha de ficar em casa de cama. Foi ai que pensei em seguir medicina,  imaginava ser médico e me curar mais rápido.”